Imagem de um microchip.

A indústria de semicondutores e as ações de produtoras de chips em que pode investir

Os semicondutores, também conhecidos como circuitos integrados, microchips ou chips, são partes do nosso dia a dia.

Quer esteja a ler este artigo no seu telemóvel, computador portátil, computador fixo ou tablet os semicondutores estão envolvidos.

Devido à sua ampla utilização, os semicondutores apresentam muitas oportunidades de investimento, especialmente agora que a novas tecnologias de inteligência artificial (IA), como o ChatGPT, dependem fortemente das mesmas. Destacamos estas oportunidades no final do artigo, mas primeiro, iremos fornecer-lhe mais informação sobre os semicondutores e a indústria dos chips.

O que são semicondutores?

Os semicondutores são materiais que possuem propriedades elétricas intermédias entre os condutores (por exemplo, o cobre) e dos isoladores (por exemplo, a borracha) e são utilizados para controlar correntes elétricas. Os semicondutores podem ser utilizados para amplificar sinais, mudar e converter energia.

O material semicondutor mais comum é o silicio. O Silicon Valley, o epicentro das empresas tecnológicas inovadoras nos Estados Unidos, recebeu o seu nome devido ao número de empresas de semicondutores e de informática que existem na zona.

Embora minúsculos em tamanho, os semicondutores são o cérebro dos dispositivos elétricos modernos. Por exemplo, smartphones, computadores portáteis, computadores fixos, televisões, eletrodomésticos, lâmpadas LED, consolas de jogos, equipamento médico e automóveis dependem todos de semicondutores para funcionar. Só um automóvel tem cerca de 100 chips que alimentam os sistemas de travagem, a direção, os ecrãs tácteis, os airbags, o ar condicionado, os limpa pára-brisas, os vidros elétricos, etc.

A indústria dos semicondutores explicada

A indústria dos semicondutores é altamente competitiva, sendo dominada por poucas empresas. A construção e o equipamento de fábricas de semicondutores custam milhares de milhões de euros e são necessários grandes orçamentos para investigação e desenvolvimento, a fim de melhorar continuamente estes produtos, tornando-os mais pequenos, mais baratos e mais rápidos.

Algumas empresas estão envolvidas no processo de produção do início ao fim. No entanto, outras subcontratam parte do processo, como a criação ou os testes. As empresas focadas na produção de semicondutores são conhecidas como fundições, por exemplo, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC).

As margens de lucro, neste caso, são reduzidas e as empresas precisam de funcionar 24 horas por dia, 7 dias por semana, para rentabilizar o seu investimento. Também têm de manter um rendimento (o número de chips funcionais por lote) de 80-90% para serem competitivas, o que requer anos de experiência para o conseguir. O processo é também bastante moroso, levando até 26 semanas para fabricar um chip para um consumidor.

A indústria dos semicondutores é altamente cíclica, respondendo aos fundamentos da oferta e da procura. Quando a situação económica é mais favorável, a procura de semicondutores aumenta e os fabricantes de semicondutores têm dificuldade em acompanhar a procura, podendo os preços aumentar. Por outro lado, quando as condições são menos favoráveis, pode haver um excesso de oferta e os preços podem baixar.

Os semicondutores serão um bom investimento em 2023?

Ninguém consegue prever os preços das ações. Há sempre risco envolvido. Como já foi referido, a indústria dos semicondutores é cíclica. E, por vezes, pode ser bastante volátil. Por outro lado, existe um grande potencial neste setor devido à sua utilização generalizada e aos desenvolvimentos tecnológicos que continuarão a depender dos chips. Por isso, o facto de serem ou não um bom investimento depende da sua situação e tolerância ao risco enquanto investidor.

Olhando para os últimos dois anos, a indústria de semicondutores estava em alta em 2020 e 2021, impulsionada por um aumento nos investimentos em tecnologia por parte dos consumidores e empresas. Houve até uma escassez de chips durante esse período porque a produção não conseguia acompanhar a procura. No entanto, 2022 foi difícil para as ações de empresas de produção de chips por muitas razões, incluindo o aumento das tensões geopolíticas, o aumento das taxas de juro e a inflação elevada. Isto resultou num excesso de inventários e numa menor confiança dos consumidores. Alguns desses problemas continuaram em 2023.

A boa notícia é que muitos analistas e empresas financeiras, incluindo a JP Morgan e a Allianz Global Investors, acreditam que os semicondutores podem regressar ao topo em 2023. Aqueles que apostam em empresas de produção de chips compreendem que haverá desafios para a indústria num futuro próximo, mas acreditam que os centros de dados e os semicondutores para automóveis irão impulsionar o crescimento no futuro. As ações das empresas produtoras de chips também ganharam este ano devido ao interesse em IA e no ChatGPT, que impulsionam a procura de semicondutores e as despesas dos centros de dados. Até agora, este ano, o ETF iShares MSCI Global Semiconductors UCITS (IE000I8KRLL9) está a ter um desempenho superior ao do S&P 500 e do EURO STOXX 50. O tempo dirá se as ações relacionadas com semicondutores que estão em alta continuarão a subir, mas ainda existe um longo caminho a percorrer até atingirem os máximos de 2021.

Quais são as ações da indústria de semicondutores?

Existem muitas empresas de semicondutores em todo o mundo. Aqui estão as cinco maiores por capitalização de mercado em abril de 2023:

Nvidia

A Nvidia é o líder na indústria de semicondutores e tem beneficiado muito com a propaganda da IA, uma vez que os seus produtos são utilizados para a produção de chatbots e outras tecnologias. Desde o início do ano, o preço das ações da Nvidia quase duplicou. Foi também a maior vencedora do S&P 500 e da Nasdaq 100 no primeiro trimestre de 2023 e subiu para top das cinco maiores empresas do S&P 500 pela primeira vez.

TSMC

Uma das maiores empresas de Taiwan, a TSMC foi a primeira fundição de semicondutores dedicada do mundo. Se nunca ouviu falar desta empresa, é um dos maiores fornecedores de chips da Apple. A TSMC foi atingida pela queda dos semicondutores e previu recentemente que as vendas cairiam 16% no segundo trimestre de 2023. No entanto, a empresa espera que os níveis de estoque se reequilibrem para um nível mais saudável no terceiro trimestre de 2023.

Samsung

Ao contrário de algumas empresas que se concentram apenas em semicondutores, a Samsung fabrica muitos produtos eletrônicos diferentes. Embora a sua linha de produtos seja diversificada, os semicondutores continuam a ser um enorme fluxo de receitas e a empresa está a sentir o impacto da queda dos chips. A Samsung anunciou que o seu lucro estimado para o primeiro trimestre de 2023 era o mais baixo de qualquer trimestre em 14 anos. Como resultado, a Samsung disse que iria reduzir a produção dos seus chips de memória num nível significativo.

Broadcom

A Broadcom é outra empresa de peso no sector dos semicondutores. Os seus produtos semicondutores são amplamente utilizados, por exemplo, em soluções sem fios, de cibersegurança e de armazenamento. À medida que os desenvolvimentos de IA estão a tornar-se mais avançados, o mesmo acontece com os chips necessários para alimentar esta tecnologia. A Broadcom lançou recentemente um novo produto especificamente concebido para a IA, que irá competir com a Nvidia. O preço das ações da Broadcom não disparou como o da Nvidia, mas registou ganhos consideráveis desde o início do ano.

ASML

A holandesa ASML concebe e produz as máquinas de litografia necessárias à produção de semicondutores. Isso significa que ela não fabrica chips, mas dá a empresas como a TSMC e a Samsung as ferramentas para produzir os seus produtos em massa. Os resultados do primeiro trimestre de 2023 da ASML superaram as previsões dos analistas. No entanto, as suas encomendas trimestrais registaram o nível mais baixo desde 2020, o que suscitou preocupações entre os investidores.

Principais conclusões

  • A indústria de semicondutores é cíclica e altamente competitiva, com algumas empresas a dominar o mercado.
  • A procura por semicondutores estava numa fase ascendente em 2020 e 2021, mas começou a cair em 2022 e em 2023.
  • Algumas ações de empresas de produção de chips, como a Nvidia, viram aumentos nos preços das suas ações graças à propaganda da IA. Outras ainda estão a lutar devido às atuais condições econômicas, resultando num excesso de oferta.

Investir com a DEGIRO

Queremos tornar o investimento acessível a todos, oferecendo os nossos serviços de investimento com comissões incrivelmente baixas. Para mais informações, consulte a nossa página de Comissões.

O risco da sua carteira pode ser influenciado pela diversificação dos seus investimentos, distribuindo-os por diferentes tipos, regiões e sectores. É por isso que lhe oferecemos acesso a um universo de oportunidades de investimento. Consulte a nossa página Mercados para obter uma visão geral dos produtos e bolsas que oferecemos.

Abre uma conta

A informação contida neste artigo não foi redigida para fins de consultoria, nem pretende recomendar quaisquer investimentos. Por favor, esteja ciente de que os factos podem ter mudado desde que o artigo foi originalmente escrito. O investimento envolve riscos. Pode perder (uma parte) do seu depósito. Aconselhamo-lo a investir apenas em produtos financeiros que correspondam aos seus conhecimentos e experiência. A diversificação não garante lucro ou proteção contra perdas em mercados em declínio.

Fontes: Financial Times, Bloomberg, Reuters, The Washington Post, Harvard Business Review, South China Morning Post, Investopedia, Investor’s Business Daily, Barron’s, Forbes, Volkswagen, Intel, Semiconductor Industry Association, AMD, Japan Times, TSMC

Voltar

Comece a investir em 10 lições

Academia do investidor academy

Comece hoje a investir

Abrir uma conta gratuitamente invest
backtotop

A sua viagem de investimentos começa aqui

Abra uma conta gratuitamente e junte-se a mais de 2,5 milhões de investidores na nossa plataforma de fácil utilização.

Nota:
O investimento envolve riscos. Pode perder (uma parte) do seu capital investido. Aconselhamo-lo a investir apenas em produtos financeiros que correspondam ao seu conhecimento e experiência. Isto não é um conselho de investimento.

O investimento envolve riscos.

icon_close

Queremos capacitar as pessoas no sentido de se tornarem nos melhores investidores que possam ser. Ao oferecer um universo de possibilidades e escolhas na nossa plataforma de fácil utilização, estamos a remover barreiras para tornar o investimento acessível a todos: principiantes ou experientes. Na DEGIRO tem acesso a uma grande variedade de produtos em mais de 50 bolsas globais para ter a liberdade de investir da forma que desejar. No nosso mundo, também mantemos uma boa relação qualidade/preço. Assim, sem comprometermos a nossa qualidade, segurança e gama dos nossos serviços de investimento, oferecemos taxas baixas. Dar prioridade às suas necessidades fez com que nos tornássemos na principal corretora a nível europeu. Os nossos mais de 2,5 milhões de clientes e mais de 100 prémios internacionais são a prova do nosso sucesso.

A flatexDEGIRO Bank Dutch Branch, uma sucursal estrangeira do flatexDEGIRO Bank AG | Amstelplein 1, 1096HA Amesterdão | telefone: +351 308 804 692 | e-mail: clientes@degiro.pt | A flatexDEGIRO Bank Dutch Branch está registada na Câmara de Comércio Holandesa com o número 82510245. | A flatexDEGIRO Bank Dutch Branch, que actua sob o nome DEGIRO, é a sucursal holandesa do flatexDEGIRO Bank AG. O flatexDEGIRO Bank AG é supervisionado primariamente pelo regulador financeiro alemão (BaFin). Nos Países Baixos, a flatexDEGIRO Bank Dutch Branch está registada no DNB e é supervisionada pela AFM e pelo DNB. | O flatexDEGIRO Bank AG é um banco alemão licenciado, supervisionado pelo regulador financeiro alemão e registado na Câmara de Comércio Alemã sob o número HRB 105687.