07 Tipos de ordens

Ao comprar ou vender um produto, na maioria dos casos, encontrará diversos tipos de ordens para escolher. Então, quais são esses diferentes tipos e como saber qual deve escolher? O vídeo a seguir explica os tipos de ordens que a DEGIRO oferece e a finalidade a que eles servem.

Versão de texton

Uma pessoa a utilizar o aplicativo de negociação da DEGIRO para comprar ações da tesla

Escolha do tipo de ordem

Depois de saber no que deseja investir, o próximo passo é realizar a ordem. Pode surpreender-se ao ver que existem mais opções do que simplesmente comprar ou vender. Em vez disso, pode escolher entre diferentes tipos de ordens, com o objetivo de obter mais controle ao realizar transações. Mas como exatamente funciona e quais são os diferentes tipos de ordens disponíveis?

Explicação de uma ordem limitada que será executada quando o preço cair de 35 para 33 Euros.

Ordem limite

A ordem usada com mais frequência é a ordem limite. Com este tipo de ordem, envia a quantidade de ações que deseja comprar ou vender e o preço máximo pelo qual está disponível a negociar. Suponha que queria comprar 100 ações da empresa ABC. O preço atual é de 35 € por ação, mas só deseja pagar um máximo de 33 €. Nesse caso, pode criar uma ordem limite para 100 ações a um preço de € 33 por ação. Se o preço das ações cair para € 33 ou menos, o seu pedido estará elegível para ser executada ao melhor preço disponível.

Portanto, a principal vantagem da ordem limite é que sabe qual será o preço máximo se pretender realizar uma compra. No entanto, também pode acontecer que o preço nunca atinja € 33. Portanto, ao tentar realizar uma compra com uma ordem limite muito baixa, poderá demorar muito tempo ou poderá mesmo não ser executada. Quanto mais próximo for o valor da ordem do preço atual, maior será a probabilidade da ordem ser executada.

Explicação de uma ordem de mercado em que a ordem é executada pelo melhor preço disponível.

Ordem de mercado

Mas também existem tipos de ordens mais avançados, como a ordem de mercado. Com esse tipo de ordem pode enviar apenas a quantidade de ações a serem comprados ou vendidas. Não define um preço, mas a ordem será executada com o melhor preço disponível no momento. Digamos que crie uma ordem de mercado para comprar 100 ações da empresa ABC. Se o preço for de € 35 no momento e houver 100 ações disponíveis para esse valor, a sua ordem será executada imediatamente a um preço de € 35 por ação.

Também poderá lançar uma ordem quando o mercado estiver fechado. Nesse caso, o pedido será enviado ao mercado após a sua reabertura. Lembre-se de que o preço que recebe no dia seguinte pode ser diferente do preço de quando realizou o pedido. Por exemplo, se notícias positivas forem divulgadas da noite para o dia para a empresa ABC, as ações poderão retomar a negociação na manhã seguinte a € 40 por ação. Nesse caso, com uma ordem de mercado, compraria 4.000 € de ações na manhã seguinte. Obviamente, ainda pode remover a ordem antes que o mercado reabra na manhã seguinte.

Explicação de uma ordem de stoploss em que o produto é vendido quando estiver abaixo de um determinado preço.

Ordem Stoploss

Também existem tipos de ordens que podem ser utilizados para reagir a alterações no mercado. Por exemplo, se mantiver uma posição de 100 ações na ABC e desejar proteger-se de uma queda no preço, poderá criar uma ordem de Stoploss. Digamos que o preço atualmente seja de € 35 por ação e deseje vender a posição se o preço cair. Poderá criar uma ordem de Stoploss com um preço stop de 30 €. Dessa forma, se o preço cair para € 30 ou menos, o seu pedido será enviado para a bolsa como uma ordem de mercado. Esse tipo de pedido é útil se não conseguir monitorar o mercado a tempo integral.

No entanto, também deve considerar que é possível que o seu pedido seja executado por menos de € 30. Digamos que más notícias sobre os ABC são divulgadas fora do horário comercial, alterando o preço de abertura para € 20 na manhã seguinte. Isso significaria que a sua posição seria vendida como uma ordem de mercado a 20 € por ação.

Explicação de uma ordem de stop limitada em que o produto é vendido quando está abaixo de um determinado preço, mas ainda dentro do limite mínimo definido.

Ordem StopLimit

E caso acredite que a queda acentuada do exemplo anterior acabaria por ser corrigida? Digamos que gostaria de vender se o preço das ações cair abaixo de € 30, mas que receba pelo menos € 25 por ação venda. Pode realizar uma StopLimit. Se o preço cair abaixo de € 30, tal acionará a ordem com um preço mínimo de venda de € 25.

Duração das ordens

Além dos vários tipos de ordens, algo a considerar é a duração da mesma. Com uma ordem ao dia (Day Order), a sua ordem é válida apenas para o dia de negociação atual. Se o pedido não for executado até ao fecho do mercado, ela expira e será removida da sua conta. Como alternativa, pode fazer uma ordem contínua, que deixará a ordem aberta continuamente.

A seguir

Na próxima lição, discutiremos a construção do seu portfólio e mostramos de que forma pode limitar os riscos.

Ao comprar ou vender um produto, na maioria dos casos, encontrará diversos tipos de ordens para escolher. Então, quais são esses diferentes tipos e como saber qual deve escolher? O vídeo a seguir explica os tipos de ordens que a DEGIRO oferece e a finalidade a que eles servem.

Versão de texton

Uma pessoa a utilizar o aplicativo de negociação da DEGIRO para comprar ações da tesla

Escolha do tipo de ordem

Depois de saber no que deseja investir, o próximo passo é realizar a ordem. Pode surpreender-se ao ver que existem mais opções do que simplesmente comprar ou vender. Em vez disso, pode escolher entre diferentes tipos de ordens, com o objetivo de obter mais controle ao realizar transações. Mas como exatamente funciona e quais são os diferentes tipos de ordens disponíveis?

Explicação de uma ordem limitada que será executada quando o preço cair de 35 para 33 Euros.

Ordem limite

A ordem usada com mais frequência é a ordem limite. Com este tipo de ordem, envia a quantidade de ações que deseja comprar ou vender e o preço máximo pelo qual está disponível a negociar. Suponha que queria comprar 100 ações da empresa ABC. O preço atual é de 35 € por ação, mas só deseja pagar um máximo de 33 €. Nesse caso, pode criar uma ordem limite para 100 ações a um preço de € 33 por ação. Se o preço das ações cair para € 33 ou menos, o seu pedido estará elegível para ser executada ao melhor preço disponível.

Portanto, a principal vantagem da ordem limite é que sabe qual será o preço máximo se pretender realizar uma compra. No entanto, também pode acontecer que o preço nunca atinja € 33. Portanto, ao tentar realizar uma compra com uma ordem limite muito baixa, poderá demorar muito tempo ou poderá mesmo não ser executada. Quanto mais próximo for o valor da ordem do preço atual, maior será a probabilidade da ordem ser executada.

Explicação de uma ordem de mercado em que a ordem é executada pelo melhor preço disponível.

Ordem de mercado

Mas também existem tipos de ordens mais avançados, como a ordem de mercado. Com esse tipo de ordem pode enviar apenas a quantidade de ações a serem comprados ou vendidas. Não define um preço, mas a ordem será executada com o melhor preço disponível no momento. Digamos que crie uma ordem de mercado para comprar 100 ações da empresa ABC. Se o preço for de € 35 no momento e houver 100 ações disponíveis para esse valor, a sua ordem será executada imediatamente a um preço de € 35 por ação.

Também poderá lançar uma ordem quando o mercado estiver fechado. Nesse caso, o pedido será enviado ao mercado após a sua reabertura. Lembre-se de que o preço que recebe no dia seguinte pode ser diferente do preço de quando realizou o pedido. Por exemplo, se notícias positivas forem divulgadas da noite para o dia para a empresa ABC, as ações poderão retomar a negociação na manhã seguinte a € 40 por ação. Nesse caso, com uma ordem de mercado, compraria 4.000 € de ações na manhã seguinte. Obviamente, ainda pode remover a ordem antes que o mercado reabra na manhã seguinte.

Explicação de uma ordem de stoploss em que o produto é vendido quando estiver abaixo de um determinado preço.

Ordem Stoploss

Também existem tipos de ordens que podem ser utilizados para reagir a alterações no mercado. Por exemplo, se mantiver uma posição de 100 ações na ABC e desejar proteger-se de uma queda no preço, poderá criar uma ordem de Stoploss. Digamos que o preço atualmente seja de € 35 por ação e deseje vender a posição se o preço cair. Poderá criar uma ordem de Stoploss com um preço stop de 30 €. Dessa forma, se o preço cair para € 30 ou menos, o seu pedido será enviado para a bolsa como uma ordem de mercado. Esse tipo de pedido é útil se não conseguir monitorar o mercado a tempo integral.

No entanto, também deve considerar que é possível que o seu pedido seja executado por menos de € 30. Digamos que más notícias sobre os ABC são divulgadas fora do horário comercial, alterando o preço de abertura para € 20 na manhã seguinte. Isso significaria que a sua posição seria vendida como uma ordem de mercado a 20 € por ação.

Explicação de uma ordem de stop limitada em que o produto é vendido quando está abaixo de um determinado preço, mas ainda dentro do limite mínimo definido.

Ordem StopLimit

E caso acredite que a queda acentuada do exemplo anterior acabaria por ser corrigida? Digamos que gostaria de vender se o preço das ações cair abaixo de € 30, mas que receba pelo menos € 25 por ação venda. Pode realizar uma StopLimit. Se o preço cair abaixo de € 30, tal acionará a ordem com um preço mínimo de venda de € 25.

Duração das ordens

Além dos vários tipos de ordens, algo a considerar é a duração da mesma. Com uma ordem ao dia (Day Order), a sua ordem é válida apenas para o dia de negociação atual. Se o pedido não for executado até ao fecho do mercado, ela expira e será removida da sua conta. Como alternativa, pode fazer uma ordem contínua, que deixará a ordem aberta continuamente.

A seguir

Na próxima lição, discutiremos a construção do seu portfólio e mostramos de que forma pode limitar os riscos.

backtotop

Note:Investir envolve riscos. Você pode perder (uma parte do) seu depósito. Aconselhamos que invista apenas em produtos financeiros que correspondam ao seu nível de conhecimento e experiência.

Note:
Investir envolve riscos. Você pode perder (uma parte do) seu depósito. Aconselhamos que invista apenas em produtos financeiros que correspondam ao seu nível de conhecimento e experiência.