O que é o risco cambial?

O risco cambial pode ser definido como o risco no qual os ativos dos investidores são negativamente afetados pela depreciação cambial. Uma vez que as taxas de câmbio estão em constante mudança, os investidores que negoceiam em diferentes moedas devem ter isto em conta quando fazem investimentos em produtos estrangeiros. As flutuações da moeda podem ter um impacto significativo nos seus retornos, tanto positiva como negativamente.

Como é que os investidores estão expostos ao risco cambial?

Se decidir investir num produto denominado em qualquer moeda estrangeira, quer seja para comprar ou vender, a transação será nessa moeda. Por conseguinte, terá lugar uma conversão cambial. Naturalmente, a taxa de câmbio atual ou quaisquer flutuações podem ter impacto no preço que paga, bem como no desempenho da sua carteira.

O risco cambial também se aplica às empresas que realizam negócios a nível internacional. Por exemplo, se uma empresa compra materiais no estrangeiro e a moeda desse país valoriza em relação à moeda local, a empresa pode acabar por pagar mais pelos materiais do que tinha no passado.

Porque é que o preço das moedas flutua?

Os investidores interessados nos mercados estrangeiros podem perder ou ganhar com a exposição cambial. Compreender as razões pelas quais as moedas flutuam pode ajudá-lo ao criar o seu plano de investimento e decidir quanto risco assumir. Seguem-se três razões principais pelas quais as moedas flutuam:

  • A política monetária dos países: Os bancos centrais podem influenciar a procura de moeda, ajustando a oferta de moeda ou alterando as taxas de juro.

    Os países podem influenciar o valor da sua moeda, comprando-a ou vendendo-a. Em geral, um país venderá a sua moeda quando quiser diminuir o seu valor.

    Se a taxa de juro de um país aumenta, isto pode levar a uma apreciação (aumento de valor) da sua moeda. Taxas de juro elevadas podem atrair dinheiro para fluir para um país, o que pode reforçar o seu valor. Pelo contrário, quando a taxa de juro diminui, pode resultar numa depreciação (diminuição do valor) da moeda.

  • Inflação: A taxa de inflação mede quanto o preço médio de um cabaz de bens aumenta ao longo de um período de tempo. Tipicamente, os países com taxas de inflação mais elevadas têm valores monetários mais baixos. Por exemplo, se as taxas de inflação aumentam no Reino Unido em comparação com a Zona Euro, isto significa que o preço dos bens britânicos aumenta mais rapidamente em comparação com os europeus e, portanto, podem ser menos competitivos. Como resultado, a procura de libras esterlinas pode diminuir e, portanto, o seu valor.

  • Situação política e económica atual: As condições económicas e políticas de um país têm um impacto na moeda local. Em geral, se o país for política e economicamente estável, os investimentos neste país são vistos como mais estáveis. Como resultado, uma maior procura conduz a um valor mais elevado da moeda relevante.

    Por outro lado, tensões globais, conflitos locais ou mesmo guerras podem levar a uma menor procura de uma moeda local. Isto pode ter um grande impacto no nível de risco cambial.

Tipos de risco cambial

Existem geralmente três categorias de risco cambial: risco de transação, risco de tradução e risco económico. Como investidor, é importante compreender e considerar estes riscos ao investir em instrumentos financeiros estrangeiros.

  • O risco de transação surge quando um investidor está a comprar um produto de outro país e o preço é denominado na moeda estrangeira. Por exemplo, se a moeda estrangeira se valorizar em relação à sua moeda nacional, significa que terá de pagar mais na sua moeda nacional para fazer a transação.

  • O risco de tradução é um risco que as empresas enfrentam quando lidam com moedas estrangeiras e têm ativos estrangeiros nos seus balanços. Neste caso, quando as empresas reportam os seus lucros, normalmente têm de converter o valor dos ativos estrangeiros de volta para a moeda local. Quando as taxas de câmbio flutuam entre países, o valor de conversão dos ativos também irá flutuar. Dependendo do movimento da taxa de câmbio, será reportado um ganho ou perda financeira.

  • O risco económico é relevante quando o valor de mercado é influenciado por flutuações inesperadas da moeda. Embora inevitável, isto pode ter um impacto significativo sobre uma empresa. O risco económico é também referido como risco de previsão.

Tratamento de moeda na DEGIRO

As transações em moeda estrangeira podem ser tratadas de duas maneiras; utilizando a opção AutoFX ou mantendo manualmente divisa estrangeira. AutoFX é a opção padrão e convertemos automaticamente o montante necessário. Se vender uma ação, as receitas também serão convertidas de volta para a sua moeda base. Com a conversão manual de divisa, tem a possibilidade de converter manualmente fundos e manter moeda estrangeira na sua conta. Se negociar frequentemente em moeda estrangeira, a função Manual pode ser uma opção mais rentável. Uma visão geral das taxas para ambas as opções, pode ser encontrada no nosso Preçário.

Abrir conta

A informação contida neste artigo não é redigida para fins de consultoria, nem pretende recomendar quaisquer investimentos. É favor estar ciente de que os factos podem ter mudado desde que o artigo foi originalmente escrito. O investimento envolve riscos. Pode perder (uma parte) do seu depósito. Aconselhamo-lo a investir apenas em produtos financeiros que correspondam aos seus conhecimentos e experiência.

backtotop

A sua viagem de investimentos começa aqui

Abra uma conta gratuita e junte-se a mais de 2 milhões de investidores na nossa plataforma de fácil utilização.

Vamos lá começar

Note: Investir envolve riscos. Você pode perder (uma parte do) seu depósito. Aconselhamos que invista apenas em produtos financeiros que correspondam ao seu nível de conhecimento e experiência.

Note:
Investir envolve riscos. Você pode perder (uma parte do) seu depósito. Aconselhamos que invista apenas em produtos financeiros que correspondam ao seu nível de conhecimento e experiência.

Queremos capacitar as pessoas no sentido de se tornarem nos melhores investidores que possam ser. Ao oferecer um universo de possibilidades e escolhas na nossa plataforma de fácil utilização, estamos a remover barreiras para tornar o investimento acessível a todos: principiantes ou experientes. Na DEGIRO tem acesso a uma grande variedade de produtos em mais de 50 bolsas globais para ter a liberdade de investir da forma que desejar. No nosso mundo, também mantemos uma boa relação qualidade/preço. Assim, sem comprometermos a nossa qualidade, segurança e gama dos nossos serviços de investimento, oferecemos taxas incrivelmente baixas. Dar prioridade às suas necessidades fez com que nos tornássemos na principal corretora a nível europeu. Os nossos mais de 2 milhões de clientes e mais de 80 prémios internacionais são a prova do nosso sucesso.