03 Produtos financeiros básicos

Depois de começar a investir, encontrará muitos tipos de produtos que variam em complexidade. Com a grande variedade de produtos disponíveis, por onde deve começar? Neste vídeo, apresentaremos uma explicação introdutória de quatro produtos financeiros comuns: ações, obrigações, ETFs e fundos de investimento

Versão de texton

Ações, obrigações e ETFs

Ações, obrigações e fundos

Depois de começar a investir, irá descobrir que existem muitos produtos disponíveis, dos mais simples aos mais complexos. Então, por onde começar?

As ações são capital, expressando a propriedade de uma parte da empresa

Transação de ações

A forma mais conhecida de investir é transacionar ações. Ao comprar uma ação de uma empresa que é negociada publicamente, efetivamente torna-se o proprietário de uma pequena parte dessa empresa. Caso essa empresa tenha um bom desempenho, será atraente para outros investidores comprarem ações da mesma. Nesse caso, o preço das ações normalmente aumentará e poderá vender a sua posição nessa empresa com lucro. Tal é conhecido como ganho de capital. Por outro lado, uma perda de capital pode ocorrer se a empresa passar por maus momentos e o preço das ações diminuir. A venda das suas ações pode resultar numa perda do seu investimento.

Vender a um preço mais alto do que o adquirido não é a única maneira de aumentar o seu portfólio. É uma prática comum para as empresas distribuírem uma parte dos seus lucros pelos acionistas. Esse valor é denominado de dividendo. Dessa forma, pode gerar uma fonte de receita a partir das suas ações sem necessitar de se desfazer da sua posição.

Obrigações governamentais, empresta seu dinheiro ao governo e recebe um cupão

Transação de obrigações

As obrigações são outro produto financeiro conhecido e frequentemente utilizado. São essencialmente um empréstimo a alguma entidade, como um governo ou corporação, sobre o qual recebe juros. Esse interesse é chamado de cupão e esse valor pode variar dependendo de vários fatores, incluindo a duração do empréstimo e a classificação do crédito da instituição á qual está a emprestar capital. Investimentos em obrigações de curto prazo a governos ou empresas com alta classificação de crédito são uma maneira comum de diminuir o risco de uma carteira. A desvantagem desses produtos de baixo risco é que o cupão normalmente não seja elevado.

O ETF é descrito como uma cesta de produtos diferentes.

Fundos negociados em bolsa (ETFs)

Também é possível obter uma seleção de diferentes produtos financeiros com uma única compra. Normalmente, comprar uma grande quantidade de ações diferentes requer um orçamento considerável e necessitaria de muito tempo. No entanto, produtos como ETF` tornam isso possível de maneira simples e económica.

Um ETF, ou tracker como são vulgarmente chamados, é um fundo gerido passivamente que faz corresponder ao seu retorno a cesta de ativos subjacentes. Os ativos subjacentes de um tracker podem ser um índice, como o S&P 500. Também se podem especializar em relação a outros fatores, incluindo região ou setor. Alguns exemplos seriam um tracker de empresas europeias ou um com ações de empresas agrícolas. A instituição emissora do fundo cobrará uma taxa, geralmente entre 0,10% e 1,00% por esse serviço. Esses custos geralmente estão incluídos no preço do produto.

Fundos de investimento

Um fundo de investimento é muito semelhante a um Tracker. São uma coleção de instrumentos financeiros subjacentes num único produto; no entanto, um fundo de investimento será gerido ativamente por um gestor de fundos. Tal significa que o conteúdo do fundo é frequentemente revisto e pode sofrer alterações ao longo do tempo. Os custos de um fundo gerido ativamente serão maiores do que os de um tracker gerido passivamente e tendem a variar entre 0,5% e 2,00%. Como os Trackers, os custos geralmente serão incluídos no preço do produto.

As corretoras normalmente cobram uma taxa ao investir em ETFs e fundos de investimento. No entanto, com a DEGIRO, pode investir numa variedade desses produtos sem custos de transação. Na página com o preçário, encontrará uma visão geral desses produtos e pode ler mais sobre as condições.

A seguir

Na próxima lição, apresentaremos produtos mais complexos. Exemplos disso são Opções, Futuros e Produtos Alavancados.

Depois de começar a investir, encontrará muitos tipos de produtos que variam em complexidade. Com a grande variedade de produtos disponíveis, por onde deve começar? Neste vídeo, apresentaremos uma explicação introdutória de quatro produtos financeiros comuns: ações, obrigações, ETFs e fundos de investimento

Versão de texton

Ações, obrigações e ETFs

Ações, obrigações e fundos

Depois de começar a investir, irá descobrir que existem muitos produtos disponíveis, dos mais simples aos mais complexos. Então, por onde começar?

As ações são capital, expressando a propriedade de uma parte da empresa

Transação de ações

A forma mais conhecida de investir é transacionar ações. Ao comprar uma ação de uma empresa que é negociada publicamente, efetivamente torna-se o proprietário de uma pequena parte dessa empresa. Caso essa empresa tenha um bom desempenho, será atraente para outros investidores comprarem ações da mesma. Nesse caso, o preço das ações normalmente aumentará e poderá vender a sua posição nessa empresa com lucro. Tal é conhecido como ganho de capital. Por outro lado, uma perda de capital pode ocorrer se a empresa passar por maus momentos e o preço das ações diminuir. A venda das suas ações pode resultar numa perda do seu investimento.

Vender a um preço mais alto do que o adquirido não é a única maneira de aumentar o seu portfólio. É uma prática comum para as empresas distribuírem uma parte dos seus lucros pelos acionistas. Esse valor é denominado de dividendo. Dessa forma, pode gerar uma fonte de receita a partir das suas ações sem necessitar de se desfazer da sua posição.

Obrigações governamentais, empresta seu dinheiro ao governo e recebe um cupão

Transação de obrigações

As obrigações são outro produto financeiro conhecido e frequentemente utilizado. São essencialmente um empréstimo a alguma entidade, como um governo ou corporação, sobre o qual recebe juros. Esse interesse é chamado de cupão e esse valor pode variar dependendo de vários fatores, incluindo a duração do empréstimo e a classificação do crédito da instituição á qual está a emprestar capital. Investimentos em obrigações de curto prazo a governos ou empresas com alta classificação de crédito são uma maneira comum de diminuir o risco de uma carteira. A desvantagem desses produtos de baixo risco é que o cupão normalmente não seja elevado.

O ETF é descrito como uma cesta de produtos diferentes.

Fundos negociados em bolsa (ETFs)

Também é possível obter uma seleção de diferentes produtos financeiros com uma única compra. Normalmente, comprar uma grande quantidade de ações diferentes requer um orçamento considerável e necessitaria de muito tempo. No entanto, produtos como ETF` tornam isso possível de maneira simples e económica.

Um ETF, ou tracker como são vulgarmente chamados, é um fundo gerido passivamente que faz corresponder ao seu retorno a cesta de ativos subjacentes. Os ativos subjacentes de um tracker podem ser um índice, como o S&P 500. Também se podem especializar em relação a outros fatores, incluindo região ou setor. Alguns exemplos seriam um tracker de empresas europeias ou um com ações de empresas agrícolas. A instituição emissora do fundo cobrará uma taxa, geralmente entre 0,10% e 1,00% por esse serviço. Esses custos geralmente estão incluídos no preço do produto.

Fundos de investimento

Um fundo de investimento é muito semelhante a um Tracker. São uma coleção de instrumentos financeiros subjacentes num único produto; no entanto, um fundo de investimento será gerido ativamente por um gestor de fundos. Tal significa que o conteúdo do fundo é frequentemente revisto e pode sofrer alterações ao longo do tempo. Os custos de um fundo gerido ativamente serão maiores do que os de um tracker gerido passivamente e tendem a variar entre 0,5% e 2,00%. Como os Trackers, os custos geralmente serão incluídos no preço do produto.

As corretoras normalmente cobram uma taxa ao investir em ETFs e fundos de investimento. No entanto, com a DEGIRO, pode investir numa variedade desses produtos sem custos de transação. Na página com o preçário, encontrará uma visão geral desses produtos e pode ler mais sobre as condições.

A seguir

Na próxima lição, apresentaremos produtos mais complexos. Exemplos disso são Opções, Futuros e Produtos Alavancados.

backtotop

Note:Investir envolve riscos. Você pode perder (uma parte do) seu depósito. Aconselhamos que invista apenas em produtos financeiros que correspondam ao seu nível de conhecimento e experiência.

Note:
Investir envolve riscos. Você pode perder (uma parte do) seu depósito. Aconselhamos que invista apenas em produtos financeiros que correspondam ao seu nível de conhecimento e experiência.