O que é a liquidez e porque é que isso importa?

Ao investir nos mercados financeiros, a liquidez é um fator importante a ter em conta. Em termos simples, a liquidez é a facilidade com que um ativo pode ser convertido em dinheiro sem ter um impacto negativo no seu preço. No entanto, há diferentes aspetos da liquidez, todos os quais devem ser considerados quando se faz um investimento. Este artigo discute esses aspetos, formas de medir a liquidez e o risco de liquidez.

Significado de Liquidez

Como mencionado, a liquidez refere-se ao grau em que um ativo pode ser comprado ou vendido sem impacto no seu preço. Num contexto de investimento, os ativos, os mercados e as próprias empresas podem ser mais líquidos do que outros.

  • Liquidez dos ativos — Diferentes produtos e ativos financeiros podem ser mais líquidos do que outros. Um ativo com elevada liquidez pode ser mais rapidamente comprado e vendido do que um ativo ilíquido e é também mais fácil de vender pelo preço de mercado. O dinheiro é o ativo mais líquido, enquanto o imobiliário ou uma pintura rara, por exemplo, pode ser menos líquido porque pode não ser capaz de o vender imediatamente.

    As ações e obrigações são geralmente consideradas produtos líquidos; no entanto, algumas podem ser mais líquidas do que outras. Por exemplo, as empresas de grande capitalização que negoceiam em grandes bolsas tendem a ser mais líquidas em comparação com as ações de empresas de pequena capitalização que são cotadas em bolsas mais pequenas.

  • Liquidez do mercado — Para além dos ativos, os mercados, tais como as bolsas de valores ou os mercados imobiliários, caem algures no espectro da liquidez. A liquidez do mercado é a facilidade com que os ativos podem ser comprados ou vendidos por preços justos. Por exemplo, o mercado de pinturas raras pode ser menos líquido do que as bolsas de valores, pois pode haver menos compradores e vendedores nesse nicho de mercado.

    Num mercado ilíquido, não há muitos compradores e vendedores. Isto pode dificultar-lhe a compra ou venda no momento e o preço que deseja. Portanto, os mercados ilíquidos podem ser mais arriscados do que os mercados líquidos. Com os mercados bolsistas, pode ter uma ideia da liquidez com base no spread procura-oferta em que um spread maior pode indicar menos liquidez.

  • Liquidez contabilística — A liquidez contabilística é a capacidade de uma empresa pagar os passivos correntes que são devidos no prazo de um ano com os seus ativos correntes em caixa. É um dos muitos fatores a considerar ao determinar a saúde financeira de uma empresa.

    Exemplos de ativos correntes de uma empresa são dinheiro, títulos negociáveis, inventário e contas a receber. Estes são reportados no balanço de uma empresa e são geralmente listados desde os mais líquidos aos menos líquidos. Exemplos de passivos correntes são contas a pagar, dívidas de curto prazo, dividendos a pagar, juros e impostos.

Medir a liquidez

Abaixo estão os rácios de liquidez comumente utilizados para medir a liquidez de uma empresa. Se uma empresa tiver baixos níveis de liquidez, pode indicar que a empresa terá dificuldades em crescer devido à falta de fundos a curto prazo e que pode não gerar lucros suficientes para as suas obrigações atuais. Por outro lado, se uma empresa tiver níveis de liquidez muito elevados, pode indicar que a empresa não está a investir adequadamente os fundos. Geralmente, um rácio superior a um é desejável para todos os abaixo indicados.

  • Rácio atual — Mede o ativo corrente contra o passivo corrente, indicando a capacidade de uma empresa para pagar dívidas de curto prazo com ativos de curto prazo em caixa. A fórmula é:

    Rácio atual = Ativo corrente / Passivo corrente

  • Rácio rápido — Este é semelhante ao rácio atual, mas não inclui bens menos líquidos, tais como o inventário. A fórmula é:

    Rácio rápido = (Fluxo de Caixa + Equivalentes de caixa + Contas a receber) / Passivo corrente

  • Rácio de fluxo de caixa — Isto mede a capacidade de uma empresa de pagar dívidas a curto prazo apenas com dinheiro e equivalentes do fluxo de caixa. A fórmula é:

    Rácio de fluxo de caixa = (Dinheiro + Equivalentes de caixa) / Passivo corrente

Risco de liquidez

À semelhança da liquidez, há várias formas de considerar o risco de liquidez. Relativamente aos ativos, alguns podem ser mais arriscados do que outros. Partindo do exemplo anterior, as ações podem ser mais líquidas do que um quadro raro. Em geral, os ativos que são mais líquidos tendem a ser menos arriscados. Portanto, em termos de liquidez, a compra de um ativo pode ser menos arriscada do que uma pintura rara.

Em relação à liquidez contabilística, o risco de liquidez neste caso é o risco de uma empresa não poder satisfazer as suas exigências financeiras a curto prazo. Claro que, quando uma empresa está a sofrer financeiramente, isto pode então refletir-se negativamente no preço das ações e, portanto, no seu investimento, se for acionista.

No entanto, independentemente da liquidez, o investimento envolve sempre um risco de perda. Pode perder (uma parte) do seu depósito. Aconselhamo-lo a investir apenas em produtos financeiros que correspondam aos seus conhecimentos e experiência.

Abrir conta

A informação contida neste artigo não é redigida para fins de consultoria, nem pretende recomendar quaisquer investimentos. É favor estar ciente de que os factos podem ter mudado desde que o artigo foi originalmente escrito. O investimento envolve riscos. Pode perder (uma parte) do seu depósito. Aconselhamo-lo a investir apenas em produtos financeiros que correspondam aos seus conhecimentos e experiência.

backtotop

A sua viagem de investimentos começa aqui

Abra uma conta gratuita e junte-se a mais de 2 milhões de investidores na nossa plataforma de fácil utilização.

Vamos lá começar

Note: Investir envolve riscos. Você pode perder (uma parte do) seu depósito. Aconselhamos que invista apenas em produtos financeiros que correspondam ao seu nível de conhecimento e experiência.

Note:
Investir envolve riscos. Você pode perder (uma parte do) seu depósito. Aconselhamos que invista apenas em produtos financeiros que correspondam ao seu nível de conhecimento e experiência.

Queremos capacitar as pessoas no sentido de se tornarem nos melhores investidores que possam ser. Ao oferecer um universo de possibilidades e escolhas na nossa plataforma de fácil utilização, estamos a remover barreiras para tornar o investimento acessível a todos: principiantes ou experientes. Na DEGIRO tem acesso a uma grande variedade de produtos em mais de 50 bolsas globais para ter a liberdade de investir da forma que desejar. No nosso mundo, também mantemos uma boa relação qualidade/preço. Assim, sem comprometermos a nossa qualidade, segurança e gama dos nossos serviços de investimento, oferecemos taxas incrivelmente baixas. Dar prioridade às suas necessidades fez com que nos tornássemos na principal corretora a nível europeu. Os nossos mais de 2 milhões de clientes e mais de 80 prémios internacionais são a prova do nosso sucesso.